Inúmeras mulheres anseiam pela maternidade e pelo sonho de ser mãe em algum momento de suas vidas. A regra não é comum a todas, mas, para aquelas que engravidam de forma planejada ou não, os sentimentos podem ser bem diferentes do esperado. Isso se dá porque se existe uma fase da vida feminina onde a sensação é de estar em uma montanha russa de sentimentos, essa fase é a gravidez.

Muitas mulheres que esperavam se sentir temerosas, ficam surpreendemente tranquilas, enquanto que aquelas que achavam estar prontas, ficam subitamente inseguras. Isso acontece porque é justamente na gestação que a mulher experimenta diversos sentimentos e sensações em um só dia. E muitas não entendem o porquê disso, chegando muitas vezes, a ficarem abaladas durante o período gestacional. O não entendimento é comum também aos parceiros que, na maioria das vezes, não aceita as mudanças de humor na gravidez.

Essa mudança de sentimentos está ligada a variação hormonal e a todas as mudanças que ocorrem no corpo humano durante a fase, e se dá a cada trimestre, trazendo, em cada momento, suas próprias questões emocionais. No primeiro trimestre, por exemplo, a mulher pode lutar contra o fato de estar grávida. Durante o segundo trimestre, a mulher se concentra na ideia de que realmente terá um bebê. No terceiro trimestre, a mulher se aprofundará nessa ideia e contemplará as responsabilidades – e as alegrias – de ser mão, o que exige muito ajuste emocional.

A gravidez também altera a dinâmica dos relacionamentos com a família. Se o bebê que está a caminho for o primeiro, é comum que a mãe deixe de ser uma pessoa ou parte de um casal, com obrigações apenas para com si ou para outro adulto, para ter responsabilidade integral sobre um bebê totalmente dependente. Se a mãe não for marinheira de primeira viagem, ainda haverá mudanças na família, pois as responsabilidades tendem a aumentar.

Diante disso, é válido perguntar: o que tona a gravidez tão emocional? E como você pode lidar com a ampla variedade de sentimentos e humores que provavelmente ocorrerá? Listamos aqui, alguns dos principais sentimentos existentes no período gestacional e o que você pode/deve fazer para manter suas emoções sob controle.

  • O QUE VOCÊ PODE SENTIR?

Estas são as emoções e as reações que muitas mulheres grávidas informam. Observe que nem todas são negativas:

– Alegria, felicidade e empolgação

– Incerteza ou medo

– Irritabilidade

– Tranquilidade

– Maior dependência de seu parceiro ou familiares

– Orgulho por ter obtido um milagre

– Amor por seu bebê, ficando ligada a ele mesmo antes de nascer

– Reações às mudanças em seu corpo (você pode adorar seu corpo durante a gravidez ou não)

-Sentir-se distraída

– Tristeza pela perda do modo como as coisas costumavam ser

– Ansiedade sobre finanças, ambiente, creche, perda da independência, mudanças no relacionamento com o parceiro, parto e nascimento, se você será uma boa mãe, e assim por diante

– Impaciência – sentindo como se estivesse grávida para sempre

– Excesso de sensibilidade com comentários ou conselhos de outros

– Choro frequente

– Devaneios sobre o bebê

  • MANTENDO SUAS EMOÇÕES SOB CONTROLE

Embora tudo acima seja normal, a mulher pode tomar medidas para diminuir suas variações de humor durante este momento empolgante, mas tenso como:

– Permanecer fisicamente saudável. Comer bem, exercitar-se e descansar muito. Se você não se sentir bem ou estiver cansada, é mais provável que você fique ansiosa ou irritada;

– Informe-se. Por exemplo, fazer cursos pré-natal e de parto e ler sobre gravidez. Saber o que esperar, consultar profissionais e conhecer outros futuros pais podem ajudar a aliviar a tensão;

– Compartilhar seus pensamentos e sentimentos com seu parceiro, amigos ou familiares;

– Evitar se sobrecarregar em casa ou com compromissos profissionais;

– Verificar com seu médico antes de tomar medicamentos para depressão ou variações de humor, incluindo remédios fitoterápicos. Sempre consultar seu médico antes de tomar qualquer remédio, com ou sem receita, durante a gravidez;

– Lembre-se de cuidar-se bem de si mesma, pois você é a prioridade agora. Em alguns anos, você lembrará destes nove meses e sentirá muita falta deles.

As variações de humor durante a gravidez acontecem com mais facilidade do que se possa prever. É importante lembrar que isso ocorre pelas enormes mudanças que acontecem na gestação, além dos bombardeios hormonais. Não seja tão rigorosa com você, faça atividades que você se sinta à vontade e, principalmente, converse com familiares e amigos sobre o que está sentindo.

Fonte: Pampers e Trocando Fraldas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *