Horários de atendimento: 8:00 am - 18:00 pm
blog-selecao

Seleção Espermática Utilizando A PICSI

O ácido hialurônico é um componente principal da matriz do cumulus oophorus que cobre o ovócito. A cabeça de um espermatozóide maduro transporta um receptor específico de ácido hialurónico que permite ao espermatozóide maduro ligar-se a esta substância. Em contrapartida, os espermatozóides imaturos não realizam esta ligação. Os espermatozóides maduros apresentam uma elevada integridade de cadeia de DNA, uma frequência normal de aneuploidias cromossómicas, além de facultarem uma contribuição paterna ao zigoto comparável à dos espermatozoides selecionados pela zona pelúcida durante a fertilização natural.

Na prática habitual da ICSI, os espermatozoides são selecionados visualmente para injeção com base na sua morfologia e motilidade. No entanto, esta abordagem não reflete a integridade genômica do espermatozoide e a sua capacidade de facultar a melhor contribuição paterna ao zigoto. O dispositivo de seleção de espermatozoides PICSI® faculta uma forma de seleção de espermatozoides maduros baseada na capacidade de ligação dos mesmos ao hidrogel de ácido hialurônico. O dispositivo de seleção de espermatozoides PICSI® mimetiza a ligação natural dos espermatozoides maduros ao cumulus oophorous, uma etapa seletiva importante na fertilização natural.

Descrição: O Dispositivo de seleção de espermatozoides PICSI® é uma placa de cultura de poliestireno com três micropontos de ácido hialurônico agregados à base interior. Três linhas de localização gravadas na base exterior da placa facilitam a localização dos micropontos. O microponto encontra-se numa área com cerca de 2 mm de largura por 3 mm de comprimento que se estende a partir da extremidade da linha de localização.

Copyright © Fertvida 2016 - todos os direitos reservados
Desenvolvido por Força Digital