A capacitação espermática consiste em selecionar aqueles espermatozóides com maior motilidade mediante a eliminação do plasma seminal (que contém substâncias inibidoras da motilidade), e os espermatozóides imóveis, junto com as células imaturas e detritos.

O aumento da motilidade espermática favorece a sua penetração no óvulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *